Home » Notícias Quilombolas » Movimento Negro » Dois em cada três analfabetos brasileiros são negros ou pardos

Dois em cada três analfabetos brasileiros são negros ou pardos


Dois em cada três analfabetos brasileiros são negros ou pardos, diz IBGE

5 de outubro de 2007

Em um país em que quase metade da população declara-se branca, a análise dos índices de analfabetismo revela uma assimetria: apenas 32% dos analfabetos pertencem a esse grupo, enquanto 67,4% são negros ou pardos declarados, segundo a Pnad de 2006 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios).

Traduzindo em números absolutos os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), dos 14,4 milhões de analfabetos, 10 milhões eram negros ou pardos.

Isso faz com que a taxa de analfabetismo entre negros e pardos (14%) seja mais que o dobro daquela entre os brancos (6,5%).

Os dados também indicam que a ampliação do acesso ao ensino superior não favoreceu de maneira igual brancos e negros. Entre 1996 e 2006, aumentou em 25,8 pontos percentuais o número de estudantes brancos de 18 a 24 anos matriculados no ensino superior – de 30,2%, passou para 56%. Já a participação dos negros e dos pardos nesse nível de ensino aumentou em 15 pontos percentuais, de 7,1% para 22%.

A diferença é ainda maior entre as pessoas com mais de 15 anos de estudo – suficientes para concluir o ensino superior: em 2006, 78% delas eram brancas, e apenas 3,3% negras.

‘É um resultado pífio, e para mudar o quadro seria necessária a criação de cotas em todas as universidades públicas do país’, disse Eduardo Pereira, gestor da Educafro, pré-vestibular de São Paulo dedicado a afrodescendentes.

A situação dos negros e dos pardos é também pior quanto à renda: mesmo na comparação entre pessoas de mesmo nível de escolaridade, a renda média dos negros e pardos é, em média, 40% menor do que a dos brancos.

Brancos com mais de 12 anos de estudo ganharam, em média, R$ 15,90 por hora, em 2006, enquanto os negros e pardos receberam R$ 11,10.

FONTE: filhodoandre@gmail.com em 05-10-07 (CEDEFES)